expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Translate

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Mãe-da-lua

Mãe-da-lua

Nome científico: Nyctibius griseus.

Sinônimos populares: Urutau, urutau-comum e urarataguá.


    Foto: Daniel Carvalho Gonçalves


Ocorrência: Brasil, Costa Rica, Bolívia, Argentina, Uruguai e Paraguai.

Características: É uma ave de até 28 centímetros de comprimento e pode apresentar-se com duas colorações básicas: a primeira com dorso, fronte, coroa e nuca marrom-acinzentados e peito e ventre cinza-claro salpicado de marrom-escuro; a segunda pode ser cinza-claro e salpicada de marrom-escuro em todo o corpo.

Hábitos sociais: Vive solitária.

Hábitos alimentares: Alimenta-se de insetos capturados em pleno voo como mariposas, cupins alados e besouros, por exemplo.

Habitat: Gosta de matas de galeria, mata atlântica e adapta-se também em locais mais abertos.



    Foto: Maria do Carmo Silva


Reprodução: Praticamente não nidifica. Aproveita algum encaixe que o toco onde esteja pousada apresente e põe um ovo. Leva em torno de 33 dias para eclodir. A mãe cuida do filhote por até sete semanas. Esse já aprende a permanecer imóvel desde o nascimento, de forma que fica praticamente invisível no ambiente.

Predadores: Aves de rapina como corujas e (mais raramente) serpentes arborícolas.

Status ecológico: Sem risco de extinção.
Abraço preservacionista!

Visite também nossos outros blogs:
wwwplantasquecuram.blogspot.com
wwwpoemasesentimentos.blogspot.com
wwwespeleologiaradical.blogspot.com
wwworquideasfloresdivinas.blogspot.com
floresplantasejardins.blogspot.com
frutasepomar.blogspot.com
e canais do you tube: Daniel Carvalho Gonçalves e Farmácia natural: cura pelas plantas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário