expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Translate

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Indaiá-do-cerrado

Indaiá-do-cerrado

Nome científico: Attalea geraensis.

Sinônimos: Indaiá, coquinho-do-cerrado, palmeira-indaiá-do cerrado e catolé.


    Foto: Daniel Carvalho Gonçalves


Ocorrência: Em todo o bioma do cerrado, com maior concentração em Minas Gerais e Goiás.

Ambiente: Gosta de solos ácidos e bem drenados, exposição direta ao sol e ótima ventilação.

Características: É uma palmeira com caule subterrâneo, folhas em forma de palma de até 3 metros de comprimento. Floresce entre maio e julho e frutifica entre junho e setembro. Emite um cacho, bem junto ao solo, com flores amarelo-pálidas e frutos arredondados de casca bem dura e amêndoa bastante apreciada.



    Foto: Evandro Carlos Ferreira dos Santos




Formas de uso: Suas folhas são empregadas no artesanato e em coberturas de telhados. Seu fruto é consumido in natura.

Status ecológico: Ainda não corre perigo iminente de extinção, mas seu habitat vem sendo ameaçado pelo avanço de pastagens e agropecuária.

Abraço preservacionista!

Nenhum comentário:

Postar um comentário