expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Translate

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Plantas e flores do cerrado

Plantas e flores do cerrado

O bioma cerrado é muito diverso e subdividido em vários micro-biomas que encerram uma variedade enorme de plantas e flores usadas no paisagismo urbano e em jardinagem. Algumas plantas, como as orquídeas, por exemplo, devido a sua beleza e raridade, podem alcançar preços elevadíssimos no cenário mundial.

    Foto: Daniel Carvalho Gonçalves


A Cattleya walkeriana na foto acima é um bom exemplo de beleza e valor e está presente na maioria dos orquidários espalhados pelo mundo. Outra orquídea, aliás, micro-orquídea, bem popular é a Sophronitis cernua mineira, vista na foto abaixo.



    Foto: Evandro Carlos Ferreira dos Santos


Basta qualquer passeio por nosso cerrado para encontrar em cada cantinho flores que encantam, como o singelo algodão-do-cerrado, com sua flor amarela e de boa armação.



    Foto: Daniel Carvalho Gonçalves


Algumas plantas como o Dom Bernardo, além de possuírem belas florações, são medicinais.



    Foto: Evandro Carlos Ferreira dos Santos


A variedade cromática se reflete em muitos cipós e trepadeiras ainda não explorados pela jardinagem, como esse cipó na foto abaixo.



    Foto: Daniel Carvalho Gonçalves


A exoticidade da flor do maracujá-do-cerrado.



    Foto: Evandro Carlos Ferreira dos Santos


E como não poderia deixar de ser citado, o exuberante, a flor símbolo nacional, nossa majestade, o ipê-amarelo.


    Foto: Daniel Carvalho Gonçalves


Grande parte das samambaias que enfeitam os nossos lares tem origem no cerrado, na vasta diversidade de seus micro-biomas.


    Foto: Evandro Carlos Ferreira dos Santos


Flores sempre encantaram e sempre estiveram presentes na poesia e na música porque mexem com a alma das pessoas de bem.



    Foto: Daniel Carvalho Gonçalves


O cipó-de-são-joão é outro exemplo de planta medicinal que poderia muito bem ocupar espaço em nossos jardins.


    Foto: Evandro Carlos Ferreira dos Santos


O para-tudo (Gonphrena arborescens) também é medicinal, belo e exótico.



    Foto: Daniel Carvalho Gonçalves



    Foto: Evandro Carlos Ferreira dos Santos



    Foto: Daniel Carvalho Gonçalves



    Foto: Evandro Carlos Ferreira dos Santos


O cerrado possui um potencial paisagístico magnífico, mas é preocupante a maneira como vem sendo tratado, como se seus recursos fossem infinitos, o que infelizmente não corresponde à realidade. A cada dia que se passa o grito de socorro se reflete em algumas paisagens tristes e descampadas. Recursos encantadores como suas plantas e flores estão sendo dizimados em nome de uma desmedida fome de ostentar uma espécime em nosso jardim ou orquidário. Uma boa solução para quem gosta de plantas e flores e deseja ter uma espécie exótica em casa seria recolher sementes e plantá-las em casa. O cerrado agradece. A natureza agradece. O futuro agradece.
No próximo artigo falaremos um pouco mais das espécies nativas de nosso cerrado.
Abraço preservacionista!

2 comentários:

  1. Lindas...pena que não vi tantas variedades assim no inverno

    ResponderExcluir
  2. Belos seus registros das flores do Cerrado. Parabéns.

    ResponderExcluir